→ FÓRUM NADA NOVO > EVENTO FINAL@ADEGA


Sobre o dispositivo espacial 'Fórum', centro da ação, realiza-se o 'FÓRUM NADA NOVO'.

Reunem-se as criações desenvolvidas ao longo do projecto e promovem-se encontros coletivos de discussão cívica e da exploração criativa, do papel da reutilização num futuro sustentável, entre os agentes envolvidos ao longo do projecto (participantes, equipa, parceiros, fornecedores de materiais para reutilização), arquitectos que já usam componentes reutilizados nas suas obras, investigadores na área da arquitetura e engenharia, a comunidade local e o público geral; expõem-se, lado a lado, 'Peças Desgarradas' e 'Peças Resgatadas'.

Desenvolvem-se mini-oficinas de exploração/ construção com excedentes/ materiais construtivos usados, destinadas a público infanto-juvenil, onde se reflete sobre consumos e materiais.

Conversa-se sobre os temas culturais identificados ao longo do processo, como 'Minas', 'Estéticas', 'Técnicas (formais e informais)', 'Pedagogias' e 'Equidade'.
Contrapõem-se abordagens e opiniões conflituantes. É nas divergências entre os vários intervenientes no processo de incorporação de componentes para reutilização na arquitectura que estão algumas das pontes que será necessário construir, que exigimos construir.

O 'FÓRUM NADA NOVO' acontece em Campanhã, símbolo de uma realidade de desigualdades sócio-economicas, que atravessa um período intenso de obras de regeneração urbana que movimentam quantidades de materiais e componentes construtivos significativas.

De modo provocatório, chama-se a atenção para o desenvolvimento que ignora o potencial ambiental e social da reutilização.

Mais informação em breve...

Data:
20 julho 2024

Apoio Financeiro:

Direção-Geral das Artes, Portugal.

Parceria:
Escola de Arquitetura, Arte e Design da Universidade do Minho (EAAD) / Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP) / Pele, Porto / Mulheres na Arquitectura (MA) / O Instituto, Porto / Banco de Materiais do Município do Porto.

Apoios:
Rotor, Bélgica / NEB goes South, União Europeia.

Apoios institucionais:
Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN) / Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património (APRUPP).